Santa Catarina

Hotéis e Pousadas Imóveis para Temporada

Surpreendente diversidade de atrativos geográficos e culturais, durante o ano todo. Com 560 km de costa caprichosamente desenhada, há mais de 500 belíssimas praias. No interior, o cenário alterna paisagens rurais, núcleos urbanos progressistas e uma natureza exuberante: montanhas, cânions, vales sinuosos, rios e centenas – talvez milhares, ninguém sabe ao certo – de cachoeiras escondidas na Mata Atlântica mais preservada do Brasil.

Principais Destinos

Outras cidades

As rotas e os principais destinos turísticos do Estado de Santa Catarina.

Caminho dos Príncipes
(Joinville, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Rio Negrinho, Corupá, Campo Alegre, Itaiópolis, São Francisco do Sul, Itapoá, Barra do Sul e Barra Velha).

As tradições européias herdadas dos colonizadores europeus estão entre as características marcantes do Caminho dos Príncipes. Apesar de concentrar o maior pólo industrial do Estado, conserva a beleza natural da Serra do Mar e do seu entorno – além da Mata Atlântica, com seus córregos e cachoeiras, e da Floresta de Araucárias nos planaltos da Serra Geral, há ainda encantadoras paisagens rurais. No litoral, a Baía da Babitonga e a cidade histórica de São Francisco do Sul completam o roteiro.

Rota do Sol
(Balneário Camboriú, Itapema, Bombinhas, Porto Belo, Itajaí, Penha e Balneário Piçarras).

O litoral catarinense é um dos mais bonitos do Brasil. A Rota do Sol é um mostruário completo de suas belezas mais expressivas: praias de areias brancas e águas azuis transparentes, emolduradas por morros verdejantes; balneários movimentados com agitada vida noturna e recantos bucólicos, alguns quase selvagens; enseadas abrigadas e praias de mar aberto.

Vale Europeu
(Blumenau, Pomerode, Brusque, Botuverá, Indaial, Timbó, Gaspar, Guabiruba, Rio do Sul, Ibirima, Apiúna, Presidente Getúlio, Doutor Pedrinho, Rio dos Cedros, Rodeio, Nova Trento e São João Batista).

O Vale do Rio Itajaí foi colonizado por imigrantes europeus, principalmente os alemães, que fundaram Blumenau em 1850. No último quarto do século XIX, os italianos instalaram-se próximo às povoações germânicas já existentes. Os descendentes desses povos preservam os costumes dos antepassados na culinária, na arquitetura, no folclore, nas danças e nas festas. A natureza privilegiada da região propicia inúmeras opções de ecoturismo e turismo de aventura.

Grande Florianópolis
(Florianópolis, Governador Celso Ramos, Palhoça, São José, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, São Pedro de Alcântara e Rancho Queimado).

A capital de Santa Catarina reúne conforto e agitação de centro urbano desenvolvido, ao mesmo tempo em que oferece oportunidades de contato íntimo com a natureza. Mar, morros e bosques de Mata Atlântica compõem um cenário deslumbrante. A herança dos colonizadores açorianos acrescenta charme e história às belas paisagens, tornando a cidade um centro de turismo internacional.

Encantos do Sul
(Garopaba, Imbituba, Laguna, Praia Grande, Jaguaruna, Araranguá, Içara, Arroio do Silva, Sombrio, Balneário Gaivota, Criciúma, Urussanga, Nova Veneza, Orleans, Gravatal, Tubarão, São João do Sul, São Martinho e Santa Rosa de Lima).

No litoral Sul, cidades históricas portuguesas exibem paisagens com natureza preservada – praias, lagoas, baías e enseadas protegidas nas quais as baleias Franca buscam refúgio para procriar e amamentar seus filhotes. Em direção ao interior, há duas dezenas de cidades fundadas por imigrantes italianos, algumas pequenas localidades de origem alemã e um grande complexo termomineral. Na fronteira com o Rio Grande, ficam os cânions dos Aparados da Serra, ícones do ecoturismo brasileiro.

Serra Catarinense
(Lages, Urubici, São Joaquim, Bom Jardim da Serra e Urupema).

As montanhas da Serra Catarinense, região com altitudes próximas aos 2.000 metros, registram as temperaturas mais baixas do Brasil. Foram os fazendeiros da região que criaram o turismo rural, adaptando suas fazendas centenárias para receber hóspedes. Os serranos encantam os visitantes com a hospitalidade calorosa, a comida farta e deliciosa e a oferta de atividades ao ar livre, como as cavalgadas, que rapidamente sintonizam o visitante com a natureza.

Vale do Contestado
(Treze Tílias, Fraiburgo, Piratuba, Videira, Tangará, Pinheiro Preto, Porto União, Caçador, Irani, Itá, Seara e Frei Rogério).

O principal atrativo da região é sua multiplicidade de paisagens, de gentes e culturas. A Rota da Amizade, formada por seis cidades – Treze Tílias, Fraiburgo, Piratuba, Videira, Tangará e Pinheiro Preto – oferece a melhor infra-estrutura hoteleira e gastronômica. Mas as demais cidades têm encantos naturais, museus e boas opções de programas ao ar livre que justificam a visita.

Grande Oeste
(Chapecó, São Miguel do Oeste, Xanxerê, Águas de Chapecó, Palmitos, São Carlos, Quilombo, Caibi, Saudades, Itapiranga, Abelardo Luz, São Domingos, Dionísio Cerqueira, Anchieta, Paraíso e São José do Cedro).

O território que faz fronteira com a Argentina possui belas paisagens naturais e é caracterizado pela diversidade étnica. Os principais atrativos estão ligados às culturas italiana, alemã e gaúcha, predominantes na região, e às fontes de águas termominerais existentes em alguns municípios. Mas o Oeste também oferece desafios aos espíritos aventureiros: cânions, quedas d’água e corredeiras começam a atrair os amantes do ecoturismo e dos esportes radicais.



Agradecimentos: SANTUR - Órgão Oficial de Turismo do Estado de Santa Catarina

Fotos Santa Catarina

Panoramio Fotos são protegidas por direitos autoriais por seus proprietários.

Vídeo Santa Catarina