Rio Grande do Sul

Hotéis e Pousadas Imóveis para Temporada

Paisagens exuberantes e cultura diversificada. Repleto de atrativos naturais, o Rio Grande do Sul é um estado brasileiro onde o turismo pode ser feito de janeiro a dezembro. Isto porque a sua geografia, aliada ao fato de possuir as quatro estações do ano bem definidas , propicia alternativas para as diversas modalidades turísticas. Diante desta realidade, o RS oferece, hoje, estrutura e opções segmentadas de turismo como o ecológico, rural, náutico, esportivo, pesca, saúde, cultural, religioso, entre outros.

Principais Destinos

Outras cidades

Porto Alegre e Região Metropolitana (Canoas, Novo Hamburgo, Gravataí e São Leopoldo)

Porto Alegre é uma cidade sofisticada, contando com centros de convenções, infra-estrutura hoteleira de alto nível, shopping centers, shows e aeroporto internacional. Grandes parques e uma consciência ecológica transformaram a cidade numa das metrópoles mais verdes do Brasil. É rica culturalmente, apresentando uma das noites mais agitadas do país. O potencial gastronômico é de qualidade internacional, com todas as tendências culinárias, do simples ao sofisticado. O pôr-do-sol de Porto Alegre adquire um encanto maior às margens do estuário do Guaíba, por onde navegam veleiros, navios e barcos de passeio.

Região Central (Agudo, Cachoeira do Sul, Pinhal Grande, Santa Maria...)

O centro geográfico do Rio Grande do Sul, de influências alemãs e italianas, mas também de tradições gaúchas, constitui-se num roteiro atraente em qualquer época do ano.

Litoral Norte (Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Osório, Tramandaí...)

Acompanhado pela Serra Geral, o Litoral Norte do Rio Grande do Sul começa nas dunas de Mostardas, junto à Lagoa do Peixe, e chega aos limites de Santa Catarina. Entre poucos quilômetros de distância, o visitante encontra rios, praias de água doce, mar aberto, lagoas e serra. Enfim, um complexo de rara

Missões (Horizontina, Panambi, Santa Rosa...)

Hoje você pode percorrer os mesmos passos que os jesuítas deram ao chegar ao Rio Grande do Sul há quase 400 anos para fundar as Missões. Trabalhando como arquitetos, escultores, pintores e professores, eles construíram, auxiliados pelos índios guaranis, uma civilização única na América Latina. Na cidade de São Miguel, antiga capital das Missões,encontram-se as Ruínas de São Miguel, um patrimônio histórico da humanidade tombado pela Unesco em 1983.

Serra (Caxias do Sul, Gramado, Canela, Guaporé, Farroupilha, Flores da Cunha...)

Grandes ou pequenas, coloniais ou industriais, todas turísticas, as cidades da zona da serra se destacam por seus vinhos e cantinas. Uma infra-estrutura de primeira linha oferece boas opções de hospedagem e da gastronomia típica italiana. Caxias do Sul possui uma indústria bem desenvolvida, Garibaldi é o maior produtor de champanhe do País e Bento Gonçalves produz vinho de mesa de qualidade. Em horário comercial, as cantinas abrem suas portas para visitação e degustação.

Vales (Lajeado, Estrela, Santa Cruz do Sul...)

Sobrados coloniais, casa em enxaimel, culinária açoriana e festas do chope acentuam lembranças, mas não impedem o progresso das cidades dos vales. A região Vale do Rio Pardo recebeu fortes influências de portugueses e alemães, que deixaram traços na cultura e nos hábitos de suas populações.

Pampas ( Bagé, Santana do Livramento, São Gabriel, Alegrete e São Borja...)

As grandes fazendas e o pampa. É isso que dá ao gaúcho uma personalidade de campeador. Acostumado a olhar a distância, esperando um visitante para oferecer seu chimarrão. As bombachas, as botas, o poncho, o lenço no pescoço e o chapéu vestem o homem do campo no seu dia-a-dia. É dele o churrasco de chão temperado apenas com sal grosso, os causos folclóricos contados ao pé do fogo, o mate amargo, o rodeio e o fandango.

Hidrominerais (Passo Fundo, Carazinho, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Frederico Westphalen, Santa Rosa...)

Localizadas junto às mais belas paisagens, em meio à mata nativa, as estâncias hidrominerais, além de belas, são uma ótima opção para quem busca tranqüilidade.Um grande número de trilhas propicia passeios e cavalgadas. A Região destaca-se, ainda, pela produção de pedras semipreciosas, pelo artesanato em vime, cipó e madeira, além da pesca no Rio Uruguai.

Sul (Pelotas, Rio Grande, Chuí, Dom Feliciano, Charqueadas...)

A zona sul situa-se junto ao mar e às grandes lagoas de águas mansas. A paisagem é repleta de fazendas onde se destacam as lavouras de arroz e a pecuária, configurando o pampa gaúcho, que se estende até a fronteira do Brasil com o Uruguai. O legado português pode ser encontrado em Pelotas, cidade conhecida por seus doces saborosos, e Rio Grande, a mais antiga cidade do estado. Balneários sossegados encontram-se às margens da Laguna dos Patos, a maior de água doce do mundo. Entre as Lagoas Mirim e Mangueira, encontramos a belíssima Reserva Ecológica do Taim, com banhados, dunas e praias.

Agradecimentos : Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul.

Fotos Rio Grande do Sul

Panoramio Fotos são protegidas por direitos autoriais por seus proprietários.