Mariana (Minas Gerais)

Hotéis e Pousadas

Chamada de "berço da civilização mineira", foi a primeira capita do estado. Hoje é guardiã de uma importante parte do patrimônio cultural e histórico de Minas Gerais, preserva arquitetura colonial no centro histórico e ricas igrejas.


Mapa

A história de Mariana, primeiro município de Minas Gerais, está ligada à busca por ouro. No século XVII, bandeirantes paulistas liderados por Salvador Fernandes Furtado de Mendonça e Miguel Garcia da Cunha acharam ouro em um rio batizado de Ribeirão de Nossa Senhora do Carmo.

Às margens do ribeirão cresce um povoado, batizado de arraial de Nossa Senhora do Carmo (1696), que desenvolveu e se tornou um dos principais fornecedores de ouro para Portugal. Não demorou muito para se tornar a primeira vila criada na capitania. Em 1745, por ordem do rei D. João V, foi nomeada Mariana em homenagem à sua esposa, a rainha Maria Ana D'Austria. Na mesma época se tornou sede do primeiro bispado de Minas. Por ser centro religioso do Estado e por sua função estratégica no jogo de poder do ouro, devia ostentar uma imagem condizente. Por isso, a cidade foi uma das primeiras projetadas no Brasil, com a intervenção do projetista José Fernandes Alpoim.

Tombada em 1945 como Monumento Nacional, Mariana é uma das mais importantes cidades do Circuito do Ouro e pertence à Trilha dos Inconfidentes e ao Circuito Estrada Real. Suas ladeiras e casario guardam traços da arquitetura colonial do século XVIII. A cidade é visitada por turistas do mundo inteiro em busca de uma viagem ao tempo do Brasil Colônia.

Hoje, Mariana está distante a 116 km de Belo Horizonte, e dentro do Quadrilátero Ferrífero, região formada por municípios que tem a economia baseada na extração e beneficiamento de minério de ferro. Preserva um casario e as ladeiras, guardam traços da arquitetura colonial do século XVIII. A cultura possui as características específicas de uma sociedade movida pela fé. A cidade é visitada por turistas do mundo inteiro, em busca de uma viagem ao tempo do Brasil colônia.



Atrativos

Mina da Passagem
Órgão da Sé
Casa Setecentista
Casa de Câmara e Cadeia
Antigo Palácio Dos Bispos
Casa dos Secretários
Alphonsus de Guimarães - Ponte de Tábua
Ponte de Areia
Catedral de Nossa Senhora da Assunção Sé de Mariana
Igreja de Nossa Senhora do Carmo
Igreja de São Francisco de Assis
Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos
Capela de Santana
Museu Arquidiocesano
Museu da Música
Museu do Livro
Museu Casa de Alphonsus de Guimarães


Informações Úteis

Terminal Turístico:(31)3558-5455
Rodoviária:(31)3557-1215
Bancos: BB, Bradesco, CEF, Itaú.


Distâncias

Belo Horizonte - 116KM
Ouro Preto - 15KM
Ponte Nova - 67KM
Rio de Janeiro - 411KM
São Paulo - 697KM

Agradecimentos: Ministério do Turismo e Prefeitura Municipal de Mariana.

Fotos Mariana

Panoramio Fotos são protegidas por direitos autoriais por seus proprietários.


Você esteve aqui?