Espírito Santo

Hotéis e Pousadas Imóveis para Temporada

Repleto de belezas naturais, cultura e tradiçoes. Assim é o Espírito Santo: praias badaladas ou paradisíacas com culinária à base de peixes e frutos do mar. Clima ameno de montanha, onde se degusta vinho, licores, biscoitos caseiros, massas, em propriedades de agroturismo. Também no Espírito Santo acontece prática de esportes radicais, com o raffting, rapel e vôo livre e festas como o Festival de Música de Alegre, o Festival de Inverno de Domingos Martins o Festival Internacional do Vinho. Festas religiosas como a Festa da Penha e os Passos de Anchieta se contrapõem a festas profanas como o Vital (carnaval fora de época, com trios elétricos) e o forró de Itaúnas.

Principais Destinos

Outras cidades

Rota do Sol e da Moqueca

Essa foi a primeira rota criada no Espírito Santo. Própria para quem curte praia, turismo náutico, turismo religioso, histórico/cultural e gastronomia. Na culinária capixaba destaca-se pela moqueca e pela torta capixaba, pratos típicos feitos a base de frutos do mar, servidos em panela de barro, artesanato ligado às tradições indígenas. Vitória contempla ainda um dos maiores carnavais fora de época da região Sudeste, o Vital. No município da Serra, as características folclóricas do povo capixaba podem ser apreciadas por meio das manifestações culturais. A Festa de São Benedito reúne tradições indígenas, negras e portuguesas. As Bandas de Congo que fazem louvores a São Benedito são uma das principais manifestações folclóricas do Estado. As praias preservam características bucólicas, sendo indicadas para banhos de mar e algumas para a prática do surf. Vila Velha, a cidade mais antiga do Estado, possui patrimônios como o Convento de Nossa Senhora da Penha, símbolo da fé capixaba que abriga em seu acervo a tela mais antiga da América latina, a imagem de Nossa Senhora das Alegrias. Outro patrimônio é a Igreja Nossa Senhora do Rosário, a primeira Igreja construída no Brasil pelos colonizadores. Aspectos históricos também podem ser admirados no Farol de Santa Luzia e no Museu Vale do Rio Doce, que conta a história da Estrada de Ferro Vitória-Minas e possibilita apreciar a locomotiva a vapor restaurada. Praias como a Praia da Costa, Itapoá e Itaparica garantem um prazeroso banho de sol e de mar. Guarapari é um dos balneários mais badalados do litoral capixaba,conhecida como Cidade Saúde pelas propriedades medicinais de suas areias monazíticas, é um dos balneários mais badalados do litoral capixaba. Passeios de escunas e serviços de mergulho possibilitam ao turista conhecer as biodiversidades marinhas da costa capixaba. Casas noturnas e restaurantes garantem a diversão, principalmente no verão do município no turismo náutico. Boates e restaurantes garantem a diversão noturna. O município de Anchieta, localizado no litoral sul do Espírito Santo, caracteriza-se pelo famoso carnaval de rua. Possui praias de águas cristalinas onde é praticada a pesca submarina e o windsurf.

Rota do Caparaó

Esta rota abarca 11 municípios do entorno do Parque Nacional do Caparaó, localizado na divisa do Espírito Santo com Minas Gerais e onde está situado o Pico da Bandeira, com 2.890m de altitude. Dela fazem parte os municípios de: Jerônimo Monteiro, Alegre, Guaçuí, São José do Calçado, Dores do Rio Preto, Divino São Lourenço, Ibitirama, Irupi, Iúna, Muniz Freire e Ibatiba. 

 
Rota dos Imigrantes

A Rota Caminhos do Imigrante é formada pelas cidades de Cariacica, Itarana, Santa Teresa, Fundão, Itaguaçu, Santa Maria de Jetibá, Santa Leopoldina e São Roque do Canaã. São vários quilômetros de belezas naturais. Esta Rota proporciona diversão e uma aula de cultura para quem procura conhecer um pouco de suas raízes ou, até mesmo, quer aprender mais sobre o Espírito Santo.

Rota do Mar e das Montanhas

Viana faz parte da região metropolitana da Grande Vitória, apesar de manter características de uma pacata cidade do interior. Essa marca você vê em todo o município, onde o agroturismo e o turismo rural são destaques. Aqui, você pode fazer um gostoso passeio pelos sítios que preparam, artesanalmente, vários tipos de produtos caseiros. Domingos Martins caracteriza-se pelas particularidades da culinária resultante da influência dos colonizadores alemães e italianos. A cidade possui arquitetura marcante e clima europeu. O município possui uma excelente infra-estrutura hoteleira, com opções de cafés coloniais e paisagens exuberantes. O turismo de aventura também é apreciado nesta região e praticado em cadeias de montanha. O Parque Estadual Pedra Azul é uma referência da região. Conhecida como cidade das Orquídeas, Marechal Floriano possui uma vasta quantidade de espécies de orquídeas nas matas ao redor da cidade. Da imigração italiana a alemã, você pode apreciar deliciosos pratos típicos, nos restaurantes tradicionais da região, acompanhados por um agradável clima de montanha. Venda Nova do Imigrante é conhecido pela Festa da Polenta que preserva costumes e tradições italianas. O município também resguarda os traços fisionômicos dos tempos do período da colonização. Dentre os segmentos explorados, destaca-se o agroturismo, turismo de aventura e o ecoturismo. O agroturismo em Venda Nova do Imigrante é uma referência do turismo nacional.

Rota do Verde e das Águas

Constitui um roteiro de extremas riquezas naturais que permite ao turista adentrar-se na história dos municípios e vivenciar o bucolismo das praias. A 50km da capital, encontra-se Aracruz que, cercada de atrativos naturais, abriga reservas das tribos Tupiniquins e Guarani, que comercializam seu artesanato. Linhares, município conhecido como Paraíso das Águas, abriga 25% das reservas de Mata Atlântica do Estado e 654 lagoas que formam o maior complexo lacustre da Região Sudeste, tendo como principal a Lagoa Juparanã, com 38 km de extensão. Na localidade de Regência, é desenvolvido o Projeto Tamar que cuida da preservação das espécies de tartarugas-marinhas. Quatro das cinco espécies encontradas no Brasil desovam no Espírito Santo. São Mateus tem à disposição do turista um rico patrimônio histórico/cultural. Nesse município está situado o Porto de São Mateus cujo entorno possui 32 sobrados, construídos nos séculos XVII e XIX e tombadas pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. No litoral, a ilha de Guriri, uma das maiores do Estado, anexada ao continente por uma ponte sobre o rio Mariricu, é o principal ponto turístico para quem curte badalação. Conceição da Barra, a capital capixaba do forró, reúne dunas, praias, que apresentam piscinas na baixa da maré, e agrestes. Conceição da Barra com um jeitinho de Nordeste transforma o distrito de Itaúnas no mais importante conjunto turístico do município. A principal característica de Itaúnas são suas dunas de até 30 metros de altura. Um lençol arenoso soprado pelo vento nordeste invadiu casas e cresceu progressivamente soterrando o primitivo núcleo populacional iniciado há mais de 300 anos. O município resguarda também o Parque Nacional de Itaúnas, criado em 1991, preserva uma variedade de ecossistemas integrados a fauna e a flora que lhe deu o título de Patrimônio da Humanidade concedido pela Unesco. 

Rota dos Vales e do Café

Esta rota não será um produto para ser comercializado além das fronteiras capixabas, a exemplo da Rota do Sol e da Moqueca, do Mar e das Montanhas e a Rota do Verde e das Águas. O objetivo é estimular o turismo dentro do próprio Estado. Em relação aos seus municípios, Cachoeiro de Itapemirim possui potencial direcionado ao turismo de negócios - responde por 60% da produção nacional de mármore e granito - Vargem Alta atende ao agroturismo; Muqui e Mimoso do Sul possuem casarios, que compõem o cenário do turismo histórico e cultural. Já Marataízes - cidade por onde o café era escoado - fecha a Rota dos Vales e do Café com turismo de lazer.

Rota da Costa e da Imigração

Assim como a Rota dos Vales e do Café, a Rota da Costa e da Imigração (nome sugerido pelos prefeitos do municípios componentes) tem como estratégia principal incentivar o turismo interno.. O objetivo é enaltecer os imigrantes do Sul do Estado, que chegaram ao Espírito Santo pelo Porto de Anchieta, e destacar hoje o turismo de aventura.A região do Estado, cortada por cachoeiras (área de montanhas) e falésias (nos municípios litorâneos. Há também como atrativos o artesanato à base de conchas do mar, fibra de bananeira, madeira, bambu e escama de peixe e no folclore o congo, danças portuguesa e italiana, folia de reis e blocos de carnaval. (Anchieta, Alfredo Chaves, Iconha, Piúma, Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy).



Agradecimentos: SEDETUR/ES

Fotos Espírito Santo

Panoramio Fotos são protegidas por direitos autoriais por seus proprietários.