Amazonas

Hotéis e Pousadas Imóveis para Temporada

O Paraíso das Águas. O Amazonas é o mais amazônico de todos os Estados que formam a região mais cobiçadado planeta: a Floresta Amazônica. Riquezas naturais, a majestosa fauna e flora, o Festival Folclórico do Boi-Bumbá em Parintins (ilha nas margens do Rio Amazonas), o encontro dos rios que não se misturam, o pico mais alto do Brasil e o maior arquipélago do mundo formam o conjunto de atrativos do Amazonas.

Principais Destinos

Outras cidades

Manaus, a capital.

Manaus, cujo nome é alusão aos índios Manaos que habitavam a região, situa-se a margem esquerda do Rio Negro, próxima ao encontro com as águas do Rio Solimões, cujas diferenças em suas características da água (temperatura, densidade e velocidade) proporcionam um espetáculo de alguns quilômetros, onde as águas dos Rios Negro e Solimões deslizam lado a lado para formarem o Rio Amazonas.
Em Manaus, história e modernidade convivem harmoniosamente. A cidade acompanha as exigências do seu tempo. Preparada para receber visitantes de qualquer procedência, que venham a negócios ou a lazer, a cidade está mais bonita do que nunca. Com modernidade, mas sem perder o encanto e a exuberância natural.

Barcelos

Situado à margem direita do Rio Negro, é o maior Município do Estado do Amazonas em área territorial e está localizado a 396 km em linha reta de Manaus. Com um potencial turístico invejável, pois em seu território está parte do Parque Nacional do Jaú, além do Parque Estadual da Serra do Aracá e a APA-Mariuá com mais de 1400 ilhas, o que lhe confere o titulo de maior arquipélago fluvial do mundo, Barcelos tem no peixe ornamental a base de sua economia com exportações para países da Europa, Ásia e América. Anualmente (janeiro) acontece o Festival do Peixe Ornamental, maior manifestação folclórica da Cidade.

Coari

Localizada à margem direita do Lago do mesmo nome, é uma das mais importantes e prósperas cidades do interior. Sua principal atividade econômica é a indústria extrativista, com destaque para a produção da castanha, desenvolvendo-se também a pecuária. O principal evento turístico do Município é a Festa da Banana, que ocorre todo os anos, sempre na primeira quinzena de agosto.

Itacoatiara

Com cerca de 100.000 habitantes, é o maior Município do interior do Estado e está ligado à Capital pela rodovia Am 010 com 266 km de perfeito asfaltamento e sinalização. Tendo a base da economia centrada na agricultura, extrativismo, pecuária e avicultura, Itacoatiara tem em seus rios, lagos, paranás e igarapés, seus maiores atrativos turísticos. Dotada de uma excelente infra-estrutura hoteleira, a Cidade promove anualmente o FECANI, Festival da Canção de Itacoatiara, maior evento do Norte do País no gênero.

Maués

O turismo é um setor econômico de potencial desenvolvimento neste Município, devido a existência de várias áreas de beleza natural como cachoeiras, grutas e reservas indígenas. Tendo o guaraná como principal fonte de recursos, sendo exportado para países como Alemanha, Estados Unidos e Japão, Maués orgulha-se por ostentar uma das mais belas orlas fluviais do Estado do Amazonas, com aproximadamente 6 km de praias continuas.

Novo Airão

À margem direita do Rio Negro, distante de Manaus 115 km em linha reta, Novo Airão desponta como pólo de turismo ecológico e de natureza. Em seu território estão a Estação Ecológica do Arquipélago de Anavilhanas, cujo plano de manejo encontra-se em fase final; parte do Parque Nacional do Jaú e parte do Parque Estadual do Rio Negro além do Sítio Histórico de Velho Airão e vários Sítios Arqueológicos ainda não pesquisados nem cadastrados. Possuidor de um rico e diversificado artesanato, o Município tem no Festival de Peixe-boi sua maior manifestação folclórica.

Presidente Figueiredo

Ligado à capital do Estado pela Rodovia Federal BR 174, que integra a Amazônia Setentrional ao Caribe e a América do Norte, o Município recebeu este nome em homenagem ao primeiro Presidente da antiga Província do Amazonas, João Batista de Figueiredo Tenreiro Aranha. Conhecido como “Terra das Cachoeiras” por abrigar as mais belas do Estado, Figueiredo abriga também o Lago e a Hidrelétrica de Balbina além da Vila do Pitinga e tem como principais produtos, madeira, minérios, pescado e energia elétrica.

São Gabriel da Cachoeira

A Cidade, que faz fronteira com a Colômbia e a Venezuela, é um ponto estratégico para o País. Com presença marcante da Igreja e do Exército em sua paisagem, São Gabriel destaca-se pelos povos indígenas que desenvolvem um dos mais belos artesanatos e promovem o maior evento cultural da região, o FESTRIBAL. Seu território, que teve boa parte transformada em área de preservação, apresenta uma imensidão de atrações com belíssimas cachoeiras, morros e serras com destaque para o Parque Nacional do Pico da Neblina, a Serra Bela Adormecida e o Morro dos Seis Lagos.

Tefé

O setor primário do Município de Tefé é representado pelas culturas do milho, feijão, cupuaçu, melancia, maracujá e banana com destaque para a produção de mandioca. As principais formas de lazer dos tefeenses encontram-se nas praças, bares passeios de barco e praias. As manifestações culturais da Cidade são a festas tradicionais e religiosas, feiras e festivais com destaque para o Festival Folclórico, o Festival de Verão e o festejo do Aniversario da Cidade em 15 de junho.

Manacapuru

Manacapuru é a terceira maior cidade em população do Estado do Amazonas. Com quase 100.000 habitantes, fica distante de Manaus 84 Km, indo pela estrada, já pelo rio são 102 Km. Conhecida como Princesinha do Solimões, foi fundada em 15 de fevereiro de 1786, numa aldeia de índios Mura. Em 16 de julho de1932 foi elevada a categoria de cidade e de lá pra cá não parou mais de crescer. De fácil acesso, Manacapuru tem como traço cultural mais forte a Ciranda cujo festival é realizada no mês de agosto. A festa reuni ritmos, bailados, canções, alegorias e fantasias multicoloridas que chamam a atenção dos visitantes.

Parintíns

Localizada a 325 km de Manaus, com acesso por via fluvial ou aérea, à margem direita do Rio Amazonas, Parintins, cidade de aproximadamente 100 mil habitantes é palco de uma das maiores manifestações de cultura popular do mundo, o Festival Folclórico de Parintins, espetáculo de rara beleza onde se pode ver todo o talento e criatividade do homem da Amazônia além de suas lendas e tradições. O ritmo das toadas é contagiante e os Bois Caprichoso (azul e branco) e Garantido (vermelho e branco) empolgam suas torcidas e visitantes transmitindo alegria nas suas apresentações realizadas na arena do bumbódromo, sempre nos dias 28,29 e 30 de junho.

Agradecimentos:

Amanzonastur - Empresa Estadual de Turismo

Fotos Amazonas

Panoramio Fotos são protegidas por direitos autoriais por seus proprietários.

Vídeo Amazonas